Após 10 dias internado, paciente de apenas 15 anos que foi entubado recebeu alta e foi aplaudido por equipe do HRT

Rubens, Raimundo, Virginia, Wilton, Claudionor, Edivaldo, Elzirene, são só alguns dos personagens reais que venceram a COVID-19. Em comum, além da vitória, eles foram atendidos no Hospital Regional do Tapajós (HRT), em Itaituba, sudoeste do Pará. No sábado (3), a Unidade registrou 50 altas de pacientes que foram internados com confirmação ou suspeita para a COVID-19.

Esse é um marco para a instituição que atua, até o momento, exclusivamente como referência no combate ao novo Coronavírus. O jovem Miguel Victor, de 15 anos, morador do município de Jacareacanga, foi o paciente de número 50 a receber alta. No total, passou por 10 dias de internação, 6 na Unidade de Terapia Intensiva e 4 dias na clínica médica.

 

Intubação

Devido a complicações da COVID-19 enquanto internado na UTI precisou ser entubado permanecendo três dias em intubação. Graças ao tratamento e dedicação da equipe de multiprofissionais voltou na tarde de sábado (3) para o seu lar.

Desmistificando a UTI como um local de proximidade da morte do paciente, a médica Luma Thaine explica que a intubação não é sinônimo de morte. Pelo contrário, o recurso ofertado em casos graves ajuda a salvar os pacientes que chegam às unidades intensivas de maneira bem mais precoce. “A intubação orotraqueal é um procedimento médico necessário diante de uma insuficiência respiratória aguda grave, visando salvar a vida do paciente”, ressaltou.

Feliz e emocionada, a mãe, Danielle de Lima, agradeceu pelos cuidados ao seu filho. “Estou muito alegre e grata a Deus e aos profissionais que cuidaram muito bem do meu filho. Durante a internação eu conversava com ele por videochamada, muito bom o cuidado e dedicação de toda a equipe”, disse.

 

Despedida 

Toda alta é digna de comemoração. Ao deixar o HRT, sob salva de palmas, e segurando a plaquinha “Eu venci a COVID-19”, o paciente recebeu homenagem com balões que formavam o número 50 e os colaboradores se despediram de Miguel com muita alegria e animação.

Menino de poucas palavras resumiu seus agradecimentos. “Cuidaram muito bem de mim, obrigado”, disse na presença da médica, enfermeiros e técnicos da clínica médica. 

O Diretor Técnico do HRT, Dr. Jarlison Rabelo, comentou sobre a marca expressiva de pacientes que deixaram a Unidade, recuperados da COVID-19. “Mais do que quantidade, são vidas recuperadas graças a toda infraestrutura que é oferecida no HRT. Graças aos nossos profissionais capacitados que se doam diuturnamente para atender com qualidade, humanismo e eficiência a todos os pacientes”, resumiu.